• Default Alternative Text

    Notícias

    Fique a par das últimas notícias sobre a Schneider Electric Portugal

    Schneider Electric desenvolve programa para combater pobreza energética

    18.04.2016

    Schneider Electric, especialista global em gestão de energia e automação, em conjunto com o European Policy Centre, um think tank independente e sem fins lucrativos apoiado pela Fundação King Baudouin, anunciam o lançamento da Energy Poverty Task Force para dar resposta aos desafios no âmbito da pobreza energética na União Europeia.

    A pobreza energética afeta pessoas em economias desenvolvidas sem o normal e regular acesso à energia necessária para garantir a satisfação das suas necessidades básicas, como aquecimento, iluminação ou confeção de alimentos. Este tipo de pobreza surge da combinação de baixos salários, elevados preços da eletricidade e o fraco desempenho energéticos dos edifícios. De acordo com o French National Energy Poverty Monitor (Observatoire National de la Précarité Energétique ou ONPE), a pobreza energética afeta cerca de 20% da população francesa. A luta contra a pobreza energética em economias desenvolvidas é, atualmente, uma das questões críticas do desenvolvimento, semelhante à questão do acesso à energia em países em vias de desenvolvimento. É necessário melhorar a qualidade de vida quotidiana, oferecendo soluções que permitam fazer frente às alterações climáticas.

    Sendo uma empresa socialmente responsável e especialista global em gestão de energia, a Schneider Electric lançou em 2013 o seu programa de combate à pobreza energética em economias desenvolvidas. O Grupo pretende fomentar a emergência de um círculo virtuoso, focando-se em três áreas: educação, investimento e tecnologia. A Schneider Electric procura agora tornar-se mais eficaz na sua ação, razão pela qual o Grupo formou uma parceria com o European Policy Centre para a criação da Energy Poverty Task Force, destinada a dar resposta aos desafios no âmbito da pobreza energética na União Europeia. No final de 2015, a Schneider Electric tinha já publicado o White Paper Resolving Energy Poverty in Europe: Understanding the Initiatives and Solutions.

    Simultaneamente, a Fundação da Schneider Electric encontra-se também envolvida em inúmeras iniciativas que fazem parte do programa para combater a pobreza energética. No final de novembro de 2015, a Fundação Schneider Electric, sob a Fondation de France, juntou-se à plataforma da Fundação King Baudouin para combater a pobreza energética na Bélgica. A Schneider Electric e a Fundação Schneider Electric vão oferecer soluções de gestão de energia a famílias na Bélgica.

    Em França, durante o Solar Decathlon Europe 2014, a Schneider Electric revelou um conceito de habitação social inovador e sustentável para o projeto “Habitat pour tous face à l’urgence”, para a beneficência de habitação social Habitat et Humanisme, em associação com a agência de emprego La Varappe. Desenhadas a partir de contentores, as habitações são completamente recicladas e incorporam a solução de eficiência energética Wiser, da Schneider Electric, para a gestão do consumo de energia. Em setembro de 2015, a Fundação Schneider Electric e a Ashoka lançaram um desafio para projetos sob a denominação Social Innovation to Tackle Energy Poverty, com o objetivo de encorajar novas ideias de cariz social para a melhoria das condições de vida de milhões de pessoas em seis países europeus (Bélgica, França, Inglaterra, Itália, Plónia e República Checa).

    A 7 de dezembro, as duas parceiras anunciaram 14 vencedores, que receberão apoio para o desenvolvimento dos seus projetos.