• Quatro maneiras de aumentar o desempenho da sua instalação

Operários fabris numa fábrica de engarrafamento, alimentação e bebidas, sistema de execução da produção
Potencializar o PlantStruxure PES da Schneider Electric para uma eficiência operacional melhorada, hoje. O tempo de engenharia pode ser reduzido em até 25% com o PlantStruxure PES da Schneider Electric.

As pressões para a produção de múltiplos SKU's e para cumprir sempre com as exigências dos clientes em constante evolução fazem com que os fabricantes lutem por soluções que levam a produtividade, a eficiência da manutenção e a gestão de energia para um nível totalmente novo. Agora mais do que nunca, os fabricantes estão a voltar-se para tecnologias avançadas de automação de processos para simplificar o design de engenharia, resolver problemas mais rapidamente e maximizar a gestão da produção.

Combinando a flexibilidade, abertura e facilidade de uso dos PLC/SCADA com as capacidades de diagnóstico centralizadas integradas, encontradas nos DCS, o PlantStruxure™ PES da Schneider Electric pode ajudá-lo a resolver problemas com:

  1. Design de engenharia – Com acesso aos dados na ponta dos dedos e funcionalidades flexíveis inteligentes, os engenheiros podem facilmente criar e testar equipamentos, eliminar a indisponibilidade do processo e integrar facilmente com outros sistemas – o resultado: redução do tempo de engenharia de até 25 por cento.
  2. Tempo de funcionamento – A continuidade da produção é primordial. Uma interrupção não programada pode ter impacto na capacidade de uma fábrica para processar produtos agrícolas perecíveis provenientes da exploração ou para entrega dentro do prazo para venda a retalho. Uma arquitetura que recolhe diagnósticos essenciais para o desempenho otimizado das principais funções pode prevenir e corrigir situações irregulares. E as referências cruzadas em todo o sistema, uma navegação intuitiva e a capacidade de detalhar as causas dos problemas permitem que os operadores possam diagnosticar e resolver rapidamente problemas e repor operações.
  3. Gestão da produção – A rastreabilidade é essencial para gerentes de fábricas de alimentos e bebidas, não só para alcançar uma qualidade consistente de lote para lote, antes de qualquer produto sair da fábrica, mas também para assegurar a aplicação de normas de segurança rigorosas. Um sistema de automação de processos equipado com arquivos poderosos de processo fornece uma gestão completa e a visibilidade dos processos de produção em toda a fábrica e facilita uma análise detalhada em cada etapa.
  4. Consumo energético – Uma infraestrutura otimizada ajuda a controlar os custos operacionais, melhorando a eficiência energética e maximizando as oportunidades de limitação de carga para minimizar o consumo de energia. As tecnologias de comunicação padronizadas, baseadas em Ethernet e abertas quebram os típicos silos de dados e permitem a criação de dashboards e indicadores chave de desempenho (KPI) significativos para melhorar o acesso a dados de energia essenciais.

PlantStruxure PES
Saiba mais