Bem-vindo ao website da Schneider Electric

Bem-vindo ao nosso site.

Pode selecionar outro país para consultar os produtos disponíveis ou aceder ao nosso website global para obter informações sobre a empresa.

Escolha outro país ou região

    • Default Alternative Text

      Notícias

      Fique a par das últimas notícias sobre a Schneider Electric Portugal

    Rumo à Smart Utility: Schneider Electric reúne companhias elétricas de Espanha e Portugal num encontro sobre ADMS

    A plataforma EcoStruxure ADMS da Schneider Electric permite a gestão da rede elétrica em tempo real, proporcionando múltiplas capacidades tanto de operações como de negócio, alinhando TI e TO e melhorando a robustez e fiabilidade da rede elétrica.

    Lisboa, 11 de dezembro de 2017 - A Schneider Electric, líder na transformação digital da gestão de energia e automação, reuniu as principais companhias elétricas de Portugal e Espanha, no dia 25 de outubro em Alcobendas (Madrid), para apresentar as vantagens do ADMS (Advanced Distribution Management System) para as redes elétricas. Esta foi a terceira jornada técnica de um ciclo de encontros dirigidos às companhias elétricas, onde também se falou de gestão de ativos e cibersegurança.

    Nesta última jornada, a Schneider Electric quis mostrar os benefícios da aplicação de uma solução como o EcoStruxure ADMS à rede. Um ADMS unifica funções SCADA, DMS (Distribution Management System),OMS (Outage Management System), EMS (Energy Management System) e DSM (Demand Side Management), que resultam numa melhoria da robustez e fiabilidade da rede elétrica. A integração destas tecnologias proporciona uma solução integrada de gestão de redes, com ferramentas de monitorização, análise, simulação, controlo, otimização e planificação que partilham a mesma base de dados e uma interface de utilizador otimizada para o uso dessas funções. Ao contrário dos OMS, permitem ter uma visão completa da rede em tempo real.

    “As companhias elétricas estão a preparar-se para todos os desafios que enfrenta o setor: pressão normativa e dos consumidores para uma maior fiabilidade e uma redução das emissões de carbono, geração distribuída devido às renováveis, etc. Os sistemas de ADMS são fundamentais neste sentido, já que lhes permitem aumentar a eficiência da rede, melhorar a fiabilidade e a flexibilidade do sistema, otimizar a gestão de ativos e operações da rede, reduzir os custos do sistema e o investimento de capital. A digitalização pode marcar a diferença”, assegurou Enric Vinyes Energy Automation y Adv. Grid Soution Manager de Schneider Electric.

    O ADMS como EcoStruxure ADMS facilita a convergência de TI e TO, analisando os dados dos equipamentos, controlando a distribuição remotamente, os sistemas de Demand Response, o armazenamento da energia, a geração reproduções de energia distribuída (DER), a deteção e gestão de falhas e inclusivamente simulações de falhas e reconfiguração da rede com aviso de sobrecarga, para proporcionar em definitivo uma energia fiável, segura e eficiente.

    Esta solução permite alinhar as decisões de negócio com o estado atual da rede, trabalhando com informação precisa e concisa para a tomada de decisões. “A mudança para uma Smart Utility implica alcançar metas de Smart Grids, integrar Smart Metering, os sistemas de Demand Response, as microgrids, e ao mesmo tempo, otimizar as operações da rede e poder tomar as decisões em tempo útil para que os clientes das companhias elétricas possam desfrutar de uma energia mais descarbonizada, descentralizada e digitalizada”, como afirmou José Ángel Rios, Energy Technical Service Center Manager.

    Finalmente, neste evento foram apresentados casos de sucesso de clientes da Schneider Electric, como o da Enel, a maior companhia elétrica de Itália e a segunda da Europa em capacidade de produção instalada com cerca de 95.000 MW de capacidade líquida instalada e mais de 61 milhões de clientes. Usando a função de Reconfiguração Ótima da Rede do EcoStruxure ADMS, a Enel reduziu em 10% as perdas, além de diminuir os custos operativos e emissões de CO2. Também foi apresentado o caso da Progress Energy, empresa norte-americana que integra duas empresas de eletricidade, que aplicando a plataforma ADMS como um gerador virtual reduziu os picos de carga e otimizou assim a fiabilidade da rede.

    EcoStruxure ADMS

    Atualmente, setenta e cinco empresas que fornecem 70 milhões de consumidores de todo o mundo usam a plataforma Ecostruxure ADMS da Schneider Electric. Nos últimos 12 meses, a Schneider assinou 12 novos contratos de ADMS, somando oito milhões de pontos de serviço à sua base de clientes. Além disso, em junho de 2017, pelo quarto ano consecutivo, a Schneider Electric foi reconhecida como líder em sistemas ADMS pela Gartner, Inc. No relatório Magic Quadrant for Advanced Distribution Management Systems. A empresa também obteve a pontuação mais alta no relatório de Capacidades Críticas de ADMS em cada um dos três casos de uso: melhorar a resposta perante interrupções, otimizar a operação da rede e administrar os impactos das DER.

    Sobre a Schneider Electric

    A Schneider Electric lidera a Transformação Digital na Gestão de Energia e Automação em Habitações, Edifícios, Centros de Dados, Infraestruturas e Indústrias.

    Com uma presença global em mais de 100 países, a Schneider é líder incontestável na gestão de energia – em Média e Baixa Tensão, Alimentação Elétrica Segura e em Sistemas de Automação.

    Fornecemos soluções de eficiência integrada que combinam energia, automação e software. No nosso Ecossistema global, colaboramos com a maior Comunidade de Parceiros, Integradores e Programadores através de uma Plataforma Aberta para proporcionar controlo em tempo real e eficiência operacional.

    Acreditamos que bons colaboradores e parceiros fazem da Schneider uma grande empresa e que o nosso compromisso com a Inovação, Diversidade e Sustentabilidade garantem que Life Is On em qualquer lugar, para todos e em todos os momentos.

    www.schneider-electric.pt