Bem-vindo ao website da Schneider Electric

Bem-vindo ao nosso site.

Pode selecionar outro país para consultar os produtos disponíveis ou aceder ao nosso website global para obter informações sobre a empresa.

Escolha outro país ou região

    • Default Alternative Text

      Notícias

      Fique a par das últimas notícias sobre a Schneider Electric Portugal

    O barómetro Planeta & Sociedade atinge 8,79 / 10 no primeiro trimestre de 2017

    04.05.2017

    • Mais de 120.000 toneladas de emissões de CO2 evitadas
    • Mais de 131.000 pessoas desfavorecidas formadas em gestão de energia
    • Schneider Electric é a 3ª empresa global a satisfazer a transição energética de acordo com a lista Carbon Clean 200
    • Publicação do 2º Relatório Integrado do Grupo

    Lisboa, 02 de maio de 2017 – A Schneider Electric, Tal como nos três anos anteriores, a Schneider Electric – especialista global em gestão de energia e automação – anuncia os seus resultados anuais financeiros e não financeiros relativos ao primeiro trimestre de 2017. A Schneider Electric utiliza 16 indicadores do barómetro Planeta & Sociedade para medir o seu compromisso ambicioso de desenvolvimento sustentável. O início de 2017 é marcado por uma pontuação total de 8,79 / 10, um resultado que significa que a Schneider Electric supera o seu objetivo de barómetro de 7,88 / 10. Tendo a pontuação do barómetro atingido 8,48 / 10 no final de Dezembro de 2016, o objetivo de 2017 foi atualizado para 9/10 em vez dos 8/10 estabelecidos inicialmente.

    Gilles Vermot Desroches, Sustainability Senior VP da Schneider Electric, comentou: “O barómetro Planeta & Sociedade 2015-2017 chegou a 8,79 /10 no final do primeiro trimestre de 2017. No início do ano, decidimos rever a meta de 2017 para 9/10 em vez dos iniciais 8/10, a fim de ter em conta o aumento excecional que detetámos em 2016. Na coluna do Planeta, 99 unidades industriais da Schneider Electric atendem aos requisitos de “Rumo a zero resíduos em aterro”, na coluna de Lucro, foram evitadas 122.250 toneladas de CO2 através de serviços de manutenção, retro montagem e fim de vida útil que fornecemos aos nossos clientes; finalmente, na coluna de Pessoas, 131,153 pessoas desfavorecidas foram formadas em gestão de energia como parte do nosso programa Access to Energy. Neste trimestre, estamos orgulhosos de ter sido mencionados pelo sétimo ano consecutivo na lista das Empresas mais Éticas da Ethisphere e na lista Carbon Clean 200, como a 3ª empresa global com maior volume de negócios a satisfazer a transição energética. Finalmente, para a Assembleia Geral de Acionistas de 25 de Abril, estamos a publicar o nosso segundo relatório integrado. O seu objetivo é demonstrar, em poucas páginas, como a estratégia que a Schneider Electric implementa cria valor para todos os seus stakeholders”.

    Destaques do 1º Trimestre de 2017

    Na coluna Planeta:

    - O indicador “10% de poupança de energia” regista 7,2% do consumo de energia poupado em comparação a 2014 nas unidades da Schneider Electric. Neste domínio, o programa da empresa ‘Schneider is On’ inclui os seguintes objetivos para o período 2015-2017: 10% de poupança de energia ao longo de 3 anos; Implementação da certificação de gestão de energia ISO 50001 para 150 locais (cobrindo uma parte significativa do consumo de energia do Grupo); Identificação de oportunidades para a redução do consumo de energia através de auditorias energéticas; divulgação da adoção de energias renováveis nas unidades do Grupo.

    - O indicador “Rumo a zero resíduos em aterro para 100 locais industriais” excede a sua meta para 2017, tendo 99 unidades industriais recuperado mais de 99% dos seus resíduos metálicos e mais de 97% dos seus resíduos não metálicos em peso da sua produção anual de resíduos; A gestão de resíduos é uma das prioridades da estratégia de economia circular da Schneider Electric; o programa “Waste as Worth” visa reduzir drasticamente a quantidade de resíduos expedidos para o aterro; o Grupo prioriza a redução de resíduos através de uma conceção de produtos e processos melhorada; os resíduos são então reutilizados em processos industriais quando possível, reciclados por terceiros ou recuperados através de energia gerada durante o seu tratamento; ao nível do Grupo, o rácio de recuperação de resíduos aumentou de 81% em 2009 para 93% em 2016 graças aos planos de ação desenvolvidos para cada unidade.

    Na coluna Lucro:

    - O indicador “120,000 tons de CO2 evitadas através de serviços de manutenção, retro montagem e fim de vida útil” ultrapassou a sua meta e atingiu 122.250 toneladas de CO2 evitadas desde o final de 2014; a Schneider Electric emprega mais de 12,000 profissionais nos seus serviços de campo e tem centros dedicados à reparação, renovação e manutenção dos seus produtos (e dos de outras marcas, em certos locais), com o objetivo de prolongar a vida útil dos produtos e evitar qualquer obsolescência a curto-prazo; estes centros estão localizados nos Estados Unidos, Europa e Ásia.

    - O indicador “x5 volume de negócios do programa ‘Access to Energy’ para promover o desenvolvimento” apresenta uma multiplicação de 2,04 do volume de negócios do programa Access to Energy no primeiro trimestre de 2017, em comparação ao primeiro trimestre de 2014. O indicador cobre as vendas em África, na Ásia e América do Sul para todos os produtos e soluções que fornecem acesso moderno de energia a pessoas que vivem em zonas rurais e periurbanas: iluminação individual, eletrificação individual e coletiva, serviços energéticos, equipamento de formação; Na sequência da alienação de uma subsidiária no final de 2016, as suas vendas foram excluídas do resultado de 2016 sem modificar a linha base de 2014 ou a meta até 2017, aumentando, assim, as exigências ligadas ao objetivo de multiplicar por 5 o volume de negócios de 2014.

    Na coluna Pessoas:

    - O indicador “30% redução da taxa de incidentes médicos (MIR)”já atinge uma redução de 27% na Taxa de Incidentes Médicos. Reúne o número de incidentes de trabalho que exigem tratamento médico por milhão de horas trabalhadas (ou seja, a média de horas de trabalho de 500 funcionários por ano civil), incluindo lesões e doenças profissionais, que podem ou não ter resultado num dia de folga. A Schneider Electric mantém a saúde e a segurança dos seus colaboradores, clientes e empreiteiros com um valor central e esforça-se por ser reconhecida como a principal empresa de referência do setor a esse respeito. O Grupo baseou o seu plano de ação para 2017 nos principais perigos dos seus locais de trabalho e nas lesões mais graves dos seus trabalhadores incluindo: segurança elétrica, trabalho não rotineiro e trabalho com clientes, proteção de máquinas e segurança rodoviária.

    -O indicador “150,000 pessoas desfavorecidas formadas em gestão de energia” apresenta 131.153 pessoas formadas; a estratégia da Schneider Electric para a formação de populações desfavorecidas no setor da energia inclui três prioridades fundamentais: a formação básica durante alguns meses, que é gratuita e acessível a um grande número de pessoas e adaptada tanto quanto possível à situação local (estes cursos conduzem à emissão de um certificado de competência pela Schneider Electric); Formação única ou plurianual conducente a qualificações, em parceria com os Ministérios da Educação locais, se não forem incluídas numa lógica bilateral. A formação de instrutores para apoiar a implantação efetiva e qualitativa da formação em linha; estas ações são sempre implementadas em parceria com atores locais e/ou organizações nacionais ou internacionais sem fins lucrativos (ONG, governos, etc.) e comprometem sistematicamente a filial local da Schneider Electric; Podem ser acompanhados por financiamentos para investimentos em materiais e por missões dos voluntários da ONG Schneider Electric Teachers que, se necessário, permitem a transferência de conhecimentos especializados.

    Os resultados não financeiros do primeiro trimestre de 2017 estão disponíveis no nosso site www.schneider-electric.com/sri

    Sobre a Schneider Electric

    A Schneider Electric é especialista global em gestão de energia e automação. Com um volume de negócios de 27 mil milhões de euros no ano fiscal de 2015, os nossos mais de 160 000 colaboradores dão resposta a clientes em mais de 100 países, ajudando-os a gerir a sua energia e processos de forma segura, fiável, eficiente e sustentável. Do mais simples dos interruptores a complexos sistemas operacionais, a nossa tecnologia, software e serviços ajudam a melhorar a forma como os nossos clientes gerem e automatizam as suas operações. As nossas tecnologias conectadas vão redesenhar indústrias, transformar cidades e melhorar vidas. Na Schneider Electric chamamos a isto: Life Is On.

    www.schneider-electric.com/pt